logo
Colunistas
Colunistas 28/04/2015

Acusado de ‘roubar demais’, PT quer o PDT fora

claudio-humberto colunistaApesar da crise política e das seguidas derrotas em importantes votações no Congresso, parlamentares petistas pressionam a cúpula do partido a romper com o PDT de Carlos Lupi, demitindo o ministro Manoel Dias (Trabalho), por ele indicado. É uma reação a Lupi, que dias atrás acusou o PT de “roubar demais” no governo. Esse caso foi um dos itens da conversa de Dilma com Lula, ontem, em São Paulo.

Engolindo sapos

Lula avalia que é hora de “engolir sapos” e “ciscar pra dentro”, por isso não concorda com a expulsão do PDT da base de apoio do governo.

Caindo fora

A inciativa de rompimento pode ser do próprio PDT: é o que pretendem senadores pedetistas, em carta aberta a Carlos Lupi divulgada ontem.

Aniquilamento

O senador Cristovam Buarque (DF) acha que continuar apoiando Dilma pode levar ao aniquilamento do partido fundado por Leonel Brizola.

Ricas boquinhas

O ex-ministro Carlos Lupi não quer romper com o PT. Para a turma dele, é duro se desapegar das boquinhas no Ministério do Trabalho.

Dilma cala sobre brasileiros condenados nos EUA

O Planalto passou a bola para o Itamaraty e não informou a atitude de Dilma quanto a brasileiros que estão no corredor da morte nos Estados Unidos. Um deles, Fernando Pereira Leite Filho, matou com 17 golpes de tesoura a própria mãe, corretora de imóveis querida dos brasileiros de Miami. Outro condenado é Saulo dos Reis, que atraiu uma menina de 13 anos pela internet, em Connecticut, e a estuprou e matou.

Reação infantil

Na execução do traficante Marco Archer na Indonésia, Dilma reagiu com tanta virulência que até arruinou as relações com o país.

Valentia para baixo

Diplomatas não acreditam que Dilma repita, nos EUA, sua “valentia” contra a Indonésia, quando hostilizou o embaixador em Brasília.

Regra eficiente

Na Flórida, a regra é clara: apenas sacar arma de fogo dá 10 anos de cadeia e 20 anos para quem atira. Mais: matou, morre executado.

Aposta na rejeição

Na bolsa de apostas dos ministros do Supremo Tribunal Federal, durante o lanche das 16h, prevalece a avaliação de que o Senado, em decisão inédita, deve rejeitar a indicação do advogado Luiz Fachin. “Os senadores não são idiotas”, resumiu um dos ministros a esta coluna.

Governo fraco

Mesmo com a mudança na coordenação política do governo, o índice de apoio ao governo no Congresso caiu em abril. De nove votações nominais abertas ocorridas no mês, o governo perdeu seis.

Nem te ligo

O vice Michel Temer, Renan Calheiros e Eduardo Cunha ignoraram declaração do senador Cristovam Buarque ao New York Times, ontem, de que o trio aplicou um “golpe de Estado” na presidente Dilma.

Disque-Venina

A ex-gerente da Petrobras Venina Velosa, em sua conta no Facebook, anda exortando seus colegas da Petrobras a denunciarem irregularidades da estatal. Ela pedem denúncias em off e in box.

Bolsa dividida

Eduardo Cunha quer inserir na proposta de redução da maioridade penal uma mudança na “bolsa-bandido”, instituída por Lula. A ideia é dividir o auxílio entre as famílias das vítimas e as dos seus algozes.

Homenagem

Bem que a “cumpanherada” poderia dedicar ao mensaleiro fujão Henrique Pizzolato o seu próprio programa de TV em rede nacional. Vai ao ar no dia 11 de maio, exatamente quando o ladrão transitado em julgado vai ser transferido do presídio de Modena para a Papuda.

Novos aliados

Ameaçando engavetar a terceirização, Renan Calheiros quis atrair novos aliados. Conseguiu. Agora, a pelegada da CUT, UGT e CTB virou “renanzista” desde criancinha, na disputa com Eduardo Cunha.

Cristãos sem fé

Deputados cristãos reclamam do líder do PSC, André Moura (SE). Ele não compartilha e nem ao menos distribui migalhas do poder com os liderados. Moura preside a comissão da redução da maioridade penal.

Feriadão

Ontem foi celebrado o Dia da Anta. Pela ausência das excelências no Congresso e no Planalto, deve ter sido feriado nessas casas ilustres.

 

Com Ana Paula Leitão e Teresa Barros 

www.claudiohumberto.com.br

Captura de Tela 2015-04-27 às 21.07.41 Captura de Tela 2015-04-27 às 21.08.08