Colunistas

Ele merece!

jose-carlos-araujo-colunista-garotinhoDia de festa e o Leonardo Moura vai fazer a sua despedida definitiva. É amistoso contra o Nacional, do Uruguai, mas serve também para o Vanderlei se convencer de que já é hora de escolher a melhor formação. Isso porque, se fizer experiências, estará desvalorizando a festa do Léo.

Pode não ter sido o maior craque da posição, mas o homenageado desta noite merece todo reconhecimento da galera. O cara rodou o mundo, vestiu várias camisas, mas a do Flamengo foi a única que tocou o coração. E a prova disso é a foto com o Zico, no gramado do Maraca, quando ele só tinha 6 anos de idade.

Tomara que a torcida possa prestigiá-lo e ele retribuir com uma grande atuação. Não importa o jogo em si, mas a festa. Mesmo sem abrir o jogo, o camisa 2 se despede com uma mágoa lá no fundo. Gostaria de completar a temporada, mas o Flamengo não concordou. Ou foi mesmo o Vanderlei?

Que seja feliz nos Estados Unidos e possa deixar saudade nessa galera. Boa sorte, Léo!

 

O que a Federação faz pelos ídolos do futebol carioca? Nada, francamente nada. Tanto que, no amistoso de hoje, ela saca 10% sobre a renda bruta. Talvez – e só por este motivo – autorizou a realização do jogo.

 

Continuo recebendo reclamações de torcedores quanto às dificuldades encontradas para entrar no Maraca. Domingo,  quase 50 mil presentes, a bola estava rolando e ainda havia filas enormes de gente comprando e trocando ingresso adquirido pela internet. Não pode ter sido por imprevisibilidade. Os cambistas que o digam. Agiam livremente do lado de fora, sem serem incomodados.

 

Nosso leitor Edil Pereira da Silva, de Vila Velha (ES), compara o episódio recente do Everton Costa com aquele do Tostão que, após descolamento da retina, deixou o clube na mão. Acho que são fatos bem distintos. Não vi, no caso do Everton Costa, nenhum vacilo do departamento médico do clube. Pelo contrário. A arritmia constatada, e o afastamento dos campos evitaram que acontecesse o pior. Ninguém se esquece da cena do Serginho, do São Caetano, que, por problemas cardíacos, morreu no campo de jogo. O Vasco agiu corretamente.

 

Amanhã, na UVA – campus Ibituruna –, estarei presente no Seminário Acerj ao lado de vários companheiros. Participarei do painel das 17h, falando de rádio esportivo e audiência. Marcos Penido organizando tudo.

 

José Carlos Araújo escreve às quartas-feiras no Metro Jornal do Rio de Janeiro. É também comunicador das rádios Bradesco Esportes e Bandnews FM e apresentador do “ Donos da Bola», na tela da Band.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos